Indústria de games sofre o pior mês desde outubro de 2006.

imagem

A indústria de jogos  está em apuros? podemos dizer que ainda não, mas julho de 2011 representou o pior mês do setor visto desde outubro de 2006. É o que revela o NPD o orgão que contabiliza as vendas do mercado de games.

“Não há como contornar o fato de que as vendas de videogames no canal físico de varejo sofreu seu mais baixo mês desde outubro de 2006” disse Anita Frazier do NPD.“As vendas de Hardware tiveram um grande declínio em todas as plataformas em relação a julho do anos passado.”

Em efeito de comparação Frazier cita o declínio nas vendas do Xbox360 como prova das baixas vendas do mês de julho.

“Este foi o primeiro mês que o Xbox 360 teve um declínio, desde dezembro de 2009. Este é mais um reflexo das vendas robustas que tivemos em julho passado, que foi o melhor mês para vendas de unidades do 360 em 2010, fora os meses de férias (novembro e dezembro). As Vendas do ano passado do Xbox 360 foram expulsionadas pela introdução do Kinect”

imagem

Sobre as vendas de jogos o NPD revelou seu top 10 do mês onde podemos ver Call of Duty: Black Ops que mesmo após 8 meses de seu lançamento ainda se mantém entre os jogos mais vendidos.

1 NCAA Football 12 (360, PS3)
2 Cars 2 (NDS, Wii, 360, PS3, PC)
3 Call of Duty: Black Ops (360, PS3, NDS, Wii, PC)
4 Lego Pirates of the Caribbean (Wii, NDS, 360, PS3, 3DS, PSP, PC)
5 Just Dance 2 (Wii) (120,000 – per Nintendo)
6 Major League Baseball 2K11 (360, Wii NDS, PS3, PS2, PSP, PC)
7 Zumba Fitness (Wii, 360, PS3)
8 Fallout: New Vegas (360, PS3, PC)
9 New Super Mario Bros DS (NDS)
10 Mortal Kombat 2011 (360, PS3)

Fonte: GamesThirst

Os filmes de Resident Evil são tão ruins. O diretor explica…

 

imagem

Alguns filmes baseados em games são passáveis. A maioria é terrível. Mas por quê? Permita a um cara que vive disso (ou pelo menos tenta) explicar.

Paul W.S. Anderson está envolvido com todos os longas de Resident Evil, desde o primeiro, lá de 2002, e acha que a razão pela qual a maioria das adaptações de jogos para o cinema é péssima é a pura e simples falta de conhecimento.

“Muitos filmes de games são feitos por diretores que não conseguiriam distinguir o material de origem de um buraco na própria cabeça”, disse Anderson ao site MCV. “Eles não fazem justiça aos jogos, não entram no mundo dos jogos. É a abordagem errada e é claro que esses filmes não vão dar certo”.

“Você pode enganar as pessoas uma vez, sabe. Eu estava tão ansioso para ver o primeiro filme de Tomb Raider quando ele saiu. Eu vi, não foi muito bom, e eu não me empolguei muito para ver o segundo. Eu acho que o fato de que cada Resident Evil tem sido melhor do que o anterior diz muito [sobre a produção]“.

Claro, Paul. Não se sinta ofendido, mas também ajudou bastante o fato de as pessoas terem expectativas muito baixas com relação aos seus filmes. Vale lembrar que ele também seria o responsável por dirigir o Castlevania para cinema, mas acabou saindo do projeto.

Fonte:Kotaku